O que é curcuma? Saiba tudo sobre essa incrível planta

É cada vez maior o número de pessoas que procuram a curcuma para melhorar a qualidade de vida. Seja na forma de tempero, seja como suplemento, ela traz variados benefícios. Por isso, se procura mais informações sobre esta planta, chegou ao artigo certo! Vamos responder-lhe a seguir exatamente “o que é curcuma?”.

Uma planta herbácea rizomatosa também conhecida como açafrão-da-terra ou gengibre dourado, a curcuma tem a sua origem no sudeste da Ásia e é usada para fins medicinais há milénios. A partir de agora, traremos todos os tipos de informações que pode querer sobre ela!

Pontos-chave

  • A curcuma, que não deve ser confundida com o açafrão, é muito procurada por causa de uma substância chamada curcumina.
  • São muitos os benefícios à saúde que a curcumina proporciona, como ação antioxidante e anti-inflamatória, suporte ao bom funcionamento do cérebro e até mesmo prevenção e tratamento do cancro.
  • Apesar de muito consumida em temperos, a curcuma também está disponível em suplementos alimentares. Pode optar pelos da Sundt, que por serem lipossomais oferecem uma excelente absorção.

Conheça todos os detalhes sobre a curcuma

Sabe como pode usar a curcuma no dia a dia? Quais são os benefícios que ela te traz? Se existem contraindicações no seu uso?

Chegou a hora de conhecer as respostas para todas estas perguntas!

O que é curcuma?

A curcuma é uma planta muito comum na Índia e no sudeste da Ásia. Oriunda desses locais, hoje já foi transportada para o mundo todo e é conhecida e usada em diversas civilizações.

Os hindus já conheciam os poderes da curcuma tanto como tempero, quanto para a gastronomia. A sabedoria acerca do seu uso foi exportada e logo chegou também à Europa e, mais tarde, às Américas.

Hoje, a curcuma continua a ser usada como tempero e item medicinal. Por isso é vendida em pó, para ser usada na gastronomia, e em suplementos, para quem procura os excelentes benefícios que ela oferece.

Como a curcuma é encontrada na natureza?

Na natureza, a curcuma é uma planta rizomatosa (que possui rizoma, uma espécie de caule subterrâneo) e perene (cujas folhas não caem). Apesar de possuir flores e folhas, é justamente o caule que chama a atenção.

O caule da curcuma é extremamente valioso pela quantidade de óleos essenciais que apresenta e, principalmente, pela substância conhecida como curcumina.

É a curcumina a responsável pela maior parte das propriedades medicinais da curcuma e também pela coloração amarelada que ela dá à comida. Inclusive, é a responsável pela famosa cor do curry, tradicional tempero indiano.

Essa coloração já fez com que a curcumina fosse muito usada também como corante para roupas e outros objetos.

A curcuma já está estabelecida no Brasil desde a década de 1980, sendo cultivada para uso em diversas frentes. Entre elas, temperos e suplementos.

Quais as diferenças entre curcuma e açafrão?

Uma confusão muito comum é entre curcuma e açafrão. Como já mencionamos, a primeira também é chamada de açafrão-da-terra. Isso acontece pela sua semelhança com a segunda, que também é usada como tempero e tem formato, coloração e propriedades medicinais muito semelhantes.

A grande questão é que por ser extraído dos estigmas das flores, o açafrão é bastante raro e, portanto, caro. Para que tenha uma ideia, para conseguir 1 kg do produto, são necessárias 75 mil flores.

Ou seja, apesar de possuírem propriedades muito semelhantes, curcuma e açafrão diferem principalmente pelo quanto são difíceis de serem encontrados e pelos seus preços.

Preparamos uma tabela que compara os dois tipos para que entenda melhor as diferenças:

Curcuma (açafrão-da-terra)Açafrão
Na naturezaCaule (rizoma) da Curcuma longaEstigmas das flores da Crocus sativus
Substâncias fundamentaisCurcuminaCrocina e safranal
Facilidade de usoBasta extrair o caule e transformá-lo em póÉ preciso juntar os estigmas de uma enorme quantidade de flores
PreçoAcessívelBastante alto
Principais benefíciosAção antioxidante, redução de processos inflamatórios, melhorias na saúde cerebralAção antidepressiva, analgésica e prevenção do cancro

Como a curcuma pode ser utilizada na gastronomia?

A curcuma é um delicioso tempero com sabor levemente apimentado e um pouco terroso. Além disso, também é procurada pela capacidade que tem de dar uma cor mais viva aos alimentos.

É muito comum usar a curcuma ao temperar carnes, ovos, caldos e até mesmo arroz. Existe quem também a coloque nas massas de pães e até mesmo em alguns doces.

Vale mencionar que a curcuma também pode ser usada em chás, leites ou até mesmo em sumos. Uma tendência que está a fazer cada vez mais sucesso é a limonada com curcuma, uma deliciosa mistura de sabores!

Imagem mostra um saco cheio de curcuma ao lado de outros temperos.
Pratos temperados com curcuma ficam deliciosos! (Fonte: Prachi Palwe / Unsplash.com)

Quais os benefícios da curcuma no nosso organismo?

Chegou a hora de falarmos sobre a questão mais importante de todas: Afinal, quais são os benefícios que a curcuma pode trazer para o nosso organismo?

Não importa se a consome como tempero ou como suplemento: a curcuma é capaz de melhorar bastante a sua qualidade de vida. Vamos listar agora tudo o que ela pode trazer de benéfico para a sua saúde!

  • Ação antioxidante: o envelhecimento está ligado diretamente ao dano oxidativo que acontece naturalmente no organismo. A curcuma estimula a atividade de enzimas antioxidantes do organismo (1) e, com isso, traz benefícios claros com o seu consumo a longo prazo.
  • Previne doenças cerebrais: a curcuma promove a produção do BDNF (2), uma hormona que estimula o crescimento e as novas ligações entre neurónios. É assim que ela consegue melhorar a saúde do cérebro e prevenir doenças como Alzheimer e outros processos degenerativos.
  • Ação anti-inflamatória: há estudos que mostram que a curcuma tem excelente ação anti-inflamatória, comparável até mesmo com a de medicamentos vendidos em farmácias (3). Ela tem a capacidade de bloquear o NF-k8, uma molécula diretamente ligada às inflamações.
  • Ajuda a prevenir o cancro: a curcuma é capaz de tanto prevenir o surgimento de tumores, como também o seu crescimento. Isso acontece principalmente nos tumores do trato digestivo.

Outras condições que têm tratamentos auxiliados pela curcuma são a depressão, a artrite, as doenças crónicas relacionadas com o envelhecimento e os problemas na pele.

Veja a seguir uma tabela com os principais benefícios da curcuma:

VantagensDesvantagens
Tem ótima ação antioxidantePode causar problemas como diarreia, dermatites e alterações de paladar se consumida em excesso
É um potente anti-inflamatório
Ajuda a prevenir e tratar o cancro
Previne doenças cerebrais
Reduz as chances de desenvolvimento da depressão
Combate doenças ligadas ao envelhecimento

Quanto de curcuma é recomendado consumir?

Apesar de todos os benefícios que traz para os nossos organismos, a curcuma também pode ser prejudicial quando em excesso. Diarreia, desconforto estomacal, alteração no paladar e dermatite estão entre os efeitos colaterais da sobredosagem.

Portanto, há uma quantidade máxima que pode ser consumida por dia. De acordo com especialistas, a dose diária de 12 gramas é a máxima possível, sendo que a partir daí já há possibilidade de efeitos colaterais.

Os especialistas também indicam que 5 gramas por dia já é uma quantidade suficiente para que as propriedades medicinais da curcuma sejam aproveitadas.


Suplementação de curcuma: descubra essa possibilidade

Muitas pessoas não conseguem consumir a curcuma como tempero. Existem vários possíveis fatores: não cozinhar a própria comida, não gostar do sabor, não ter tempo para se dedicar à culinária, entre outros.

Mas felizmente, existe um outro método muito eficiente para ter a curcuma presente na sua vida: a suplementação. É sobre isso que falaremos nesta secção do artigo!

 Imagem mostra uma pessoa segurando diversas cápsulas de suplementos.
A curcuma também produz excelentes resultados quando em cápsulas. (Fonte: Kayla Maurais / Unsplash.com)

Por que optar por suplementos de curcuma?

Os suplementos de curcuma oferecem todos os benefícios que também são adquiridos com o consumo do tempero. E existe uma vantagem: com eles, é possível controlar exatamente qual é a dosagem inserida.

Se não tem o hábito de usar temperos diferentes na comida e não quer adaptar o seu paladar à curcuma, se raramente consome alimentos produzidos em casa ou se simplesmente não se dá bem com o sabor, não há porque ficar sem todos esses benefícios na sua vida!

Ao fazer a suplementação de curcuma, garante que está a tomar uma quantidade saudável de curcumina independentemente da sua alimentação.

Sabia que a curcumina foi sintetizada pela primeira vez em 1973 e, a partir daí, separada para uso? As cápsulas de curcuma puderam passar a ser vendidas na década de 1980.

Quais os tipos de suplementos de curcuma disponíveis?

Consegue encontrar no mercado suplementos de curcuma em cápsulas comuns ou lipossomais. Existem diferenças entre os dois tipos, principalmente quanto à capacidade de absorção.

Os suplementos de curcuma em cápsulas comuns não oferecem uma absorção tão grande. Assim, do que é ingerido, o corpo metaboliza apenas uma pequena parte. Muitas vezes, pensamos que está a acontecer algum efeito positivo, sendo que a quantidade aproveitada não é suficiente para isso.

Esse problema relacionado com a absorção é resolvido pelas cápsulas lipossomais. Por envolverem perfeitamente a curcumina e a protegerem com uma membrana especial, elas permitem que o conteúdo seja totalmente absorvido pelo nosso organismo.

Portanto, apesar de mais caros, os suplementos lipossomais são muito mais eficientes e merecem a sua atenção!

Como escolher os suplementos lipossomais de curcuma?

Se optou por tomar suplementos lipossomais de curcuma e gerar enormes benefícios para o seu organismo, precisa de escolher uma marca de qualidade.

A nossa recomendação é a Sundt, que realmente se preocupa com o seu bem-estar e produz cápsulas que são perfeitamente absorvidas pelo organismo.

Observe sempre quais são as avaliações dos suplementos escolhidos e se eles realmente podem trazer benefícios. Terá a certeza de que não há uma opção mais eficiente em Portugal do que a Sundt!


Conclusão

Descobrir a curcuma pode trazer incríveis benefícios para as nossas vidas. Além de ajudar com as suas propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, ela previne e combate até mesmo o cancro. Tudo isto, claro, sendo um tempero delicioso!

Mas quem não pode usar o tempero ou simplesmente prefere o consumo em cápsulas, a suplementação também é uma opção fantástica. Principalmente quando procura por produtos lipossomais de tanta qualidade como os oferecidos pela Sundt!

(Fonte da imagem destacada: Ajale / Pixabay.com)

Referências(3)

  1. Detoxification and antioxidant effects in rats experimentally exposed to mercury. Acessado em 10 de setembro de 2020.
  2. Curcumin reverses the effects of chronic stress on behavior, the HPA axis, BDNF expression and phosphorylation of CREB. Acessado em 10 de setembro de 2020.
  3. Anti-inflammatory properties of curcumin, a major constituent of Curcuma longa: a review of preclinical and clinical research. Acessado em 10 de setembro de 2020.
Anterior O que é vitamina B12? Próximo O cloreto de magnésio tem contraindicações?
Estudo
Detoxification and antioxidant effects in rats experimentally exposed to mercury. Acessado em 10 de setembro de 2020.
Ir para a fonte
Estudo
Curcumin reverses the effects of chronic stress on behavior, the HPA axis, BDNF expression and phosphorylation of CREB. Acessado em 10 de setembro de 2020.
Ir para a fonte
Artigo Científico
Anti-inflammatory properties of curcumin, a major constituent of Curcuma longa: a review of preclinical and clinical research. Acessado em 10 de setembro de 2020.
Ir para a fonte