Lipossomas: a nova tecnologia dos suplementos

Não importa se é novato no mundo da suplementação ou se é veterano em matéria de nutrição. A verdade é que todos procuram pelos melhores e mais eficazes suplementos alimentares. Quem busca qualidade e está sempre atento às inovações deste mercado já deve ter ouvido falar sobre os lipossomas.

Novidade no segmento, os lipossomas são pequenas cápsulas orgânicas com composição muito similar à das células humanas. Assim, promovem o aumento da absorção dos nutrientes e diminuem a eliminação de vitaminas. Quer saber mais sobre esta tecnologia? Continue por aqui para conhecer este avanço em suplementação!

Pontos-chave

  • Os lipossomas são pequenas “bolhas” que protegem os nutrientes e otimizam a sua absorção pelo organismo.
  • Um suplemento lipossomal é desenvolvido com um cuidadoso processo de fabricação, utilizando fosfolipídios (moléculas parecidas com a parede celular).
  • A vitamina C, o magnésio e a curcuma lipossomais são alternativas modernas e seguras aos suplementos tradicionais.

Lipossomas: tudo o que precisa saber

Os lipossomas permitem “encapsular” qualquer substância numa espécie de membrana natural. Assim, é capaz de protegê-la, melhorando o transporte e a absorção.

Atualmente, essas microcápsulas podem ser utilizadas para dar eficácia extra aos suplementos nutricionais. Portanto, representam o futuro no mundo da suplementação!

O que são os lipossomas? (1)

Para compreender o que é um lipossoma, imagine uma bolha de sabão. Redonda e leve, com total liberdade de movimentos. Neste pequeno compartimento, pode ser colocado todo o tipo de substâncias como vitaminas, antioxidantes ou medicamentos.

Estas moléculas entram no organismo protegidas pelos lipossomas, evitando que se degradem antes de atingir o seu objetivo.

Portanto, o que torna o lipossoma tão único é a sua composição. A sua parede é formada por fosfolipídios — moléculas que também estão presentes nas membranas celulares.

Quando uma molécula entra no organismo envolta em uma membrana de fosfolipídios, é como se tivesse “livre-passe” para aceder ao interior das células.

Além disso, os lipossomas têm um tamanho extremamente reduzido. O seu diâmetro é medido em micras (unidade mil vezes mais pequena que um milímetro). Com extensão entre 0,025 e 0,25 micras, eles são considerados nanopartículas, resultado de uma inovação que tem revolucionado a medicina, a farmácia e a nutrição.

Quais as vantagens de um suplemento lipossomal? (1, 2)

Os suplementos lipossomais são uma alternativa segura e eficaz aos produtos mais tradicionais. Mas será que realmente vale a pena mudar a forma de suplementação à qual já está acostumado?

Pensando nesta questão, elaboramos uma lista que mostra os principais benefícios do uso de um produto lipossomal. Observe cada ponto e decida, por si mesmo, se deseja fazer parte desta “revolução dos fosfolipídios”.

  • Eficácia: os lipossomas podem significar um incremento na biodisponibilidade dos suplementos. Isso significa que aumentam a quantidade de moléculas que podem chegar ao organismo para executar as suas propriedades benéficas. Assim, são capazes de potencializar a eficácia do suplemento;
  • Estabilidade: as moléculas transportadas pelos lipossomas demoram mais para se degradar e, assim, têm mais possibilidades de chegar às células com o seu estado ideal preservado;
  • Flexibilidade: a composição dos lipossomas convertem-nos em moléculas altamente versáteis, capazes de se unir a diferentes células e a uma grande variedade de receptores em todo o organismo;
  • Segurança: os fosfolipídios que formam os lipossomas são biodegradáveis e não apresentam toxicidade para o ser humano. Por este motivo, podem ser utilizados por todas as pessoas, com tranquilidade.

Como saber se um suplemento é de fato lipossomal? (1)

A grande popularização dos suplementos lipossomais fez com que o mercado experienciasse um “boom” deste tipo de produtos nas prateleiras. A qualidade de muitos deles, no entanto, deixa muito a desejar. 

Diante disso, como é possível diferenciar um bom suplemento à base de lipossomas de outro com baixa qualidade? Simples! Basta estar atento às seguintes características:

  • Fosfolipídios. Não existe um produto lipossomal sem fosfolipídios. Desta forma, nos ingredientes do suplemento deve estar indicada a presença deste tipo de moléculas e a sua origem (geralmente, lecitina de soja). Além disso, deve haver fosfolipídios em quantidade suficiente;
  • Textura. Uma forma simples, mas eficaz de comprovar se o suplemento é realmente “lipossomal” é observar a sua textura. Os fosfolipídios trazem ao produto um aspecto gelatinoso e uniforme, que não se dissolve na água.  Se houver qualquer irregularidade nesta aparência, pode se suspeitar da qualidade do suplemento;
  • Embalagem. Os lipossomas protegem os nutrientes presentes no interior dos suplementos e evitam que se degradem antes do tempo. Mas, que utilidade teriam esses produtos se não fossem corretamente embalados? Um suplemento lipossomal de qualidade apresentará cuidados com os ingredientes, evitando que sejam expostos ao ar. Por isso, costumam ser embalados a vácuo.

Como usar um suplemento com lipossomas?

É muito prático e fácil! Simplesmente, misture o suplemento lipossomal em água ou algum sumo natural. Evite tomar com líquidos muito quentes para evitar degradar os fosfolipídios.

Outra orientação é evitar misturar em preparos que vão ao fogão ou que sejam batidos, como sopas e caldos. Isso pode desestabilizar a estrutura delicada dos lipossomas.

Assim como nos suplementos tradicionais, os produtos lipossomais podem provocar efeitos colaterais indesejados. Para evitar isso, não ultrapasse a dosagem recomendada e consulte o seu médico antes de iniciar o uso.

É sempre bom lembrar que grávidas, lactantes, crianças e pessoas com enfermidades crónicas não devem utilizar qualquer tipo de suplementação sem acompanhamento especializado.


Os melhores suplementos lipossomais

Como mostramos até aqui, os lipossomas podem transportar, de forma segura e eficiente, uma infinidade de substâncias. Estas pequenas “bolhas” de fosfolipídios são aliadas da medicina e, atualmente, muito difundidas na nutrição funcional.

Nos próximos parágrafos, vamos mostrar os suplementos que mais se beneficiaram com o surgimento da nanotecnologia lipossomal.

Vitamina C lipossomal

A vitamina C é um nutriente de vital importância para o bem-estar em geral. O sistema imunitário, a pele e o metabolismo são algumas das estruturas que dependem desta vitamina para se manter em funcionamento adequado (3).

Infelizmente, nos suplementos tradicionais de vitamina C, menos de 50% do nutriente é absorvido. No entanto, ao encapsular a vitamina em lipossomas, este nutriente consegue alcançar as células de forma otimizada (4).

Com isso, a sua biodisponibilidade aumenta e as reservas da vitamina crescem consideravelmente. Assim, é possível dizer “adeus” à carência de vitamina C!

Ao incluir vitamina C em lipossomas, permitimos que este fabuloso nutriente chegue às nossas células de uma forma optimizada.

Magnésio lipossomal

Sabia que a falta de magnésio é uma das carências nutricionais mais comuns? A deficiência deste eletrólito pode causar cãimbras, esgotamento físico e queda do rendimento intelectual.  Para evitar estas consequências, é fundamental estar atento à ingestão diária de magnésio.

Se a dieta não fornece a quantidade adequada, um bom suplemento lipossomal permitirá aumentar, de maneira eficaz, as reservas desse mineral.

Além disso, o conteúdo de fosfolipídios do magnésio lipossomal pode ajudar este suplemento a aceder com facilidade os tecidos que mais precisam dele, como o cérebro (5, 6).

Curcuma lipossomal

A curcuma é uma planta utilizada há séculos na medicina tradicional indiana. O seu alto poder antioxidante e anti-inflamatório surpreende até os mais céticos. Porém, o “ponto fraco” do açafrão é o baixo grau de biodisponibilidade dos seus princípios ativos, com má absorção e rápida eliminação pelos tecidos.

Ao envolver a curcuma em lipossomas, o acesso dos seus ativos ao sangue é facilitado. A presença dos fosfolipídios pode prevenir a degradação dos princípios ativos, que conseguem se manter por mais tempo no sangue.

Assim, aumenta a eficácia em gerar efeitos benéficos ao organismo (7). Uma fusão perfeita entre tradição e nanotecnologia!


O futuro é lipossomal

A ciência continua a avançar a cada dia. E o mercado de suplementos nutricionais avança com ela! A descoberta dos lipossomas permite criar novos produtos com melhor absorção e alta eficácia. Assim, os fosfolipídios podem dar “uma segunda chance” aos suplementos de difícil absorção na sua forma tradicional, como a vitamina C, o magnésio e a curcuma.

Com tantas inovações, as deficiências nutricionais podem ficar no passado. Basta aproveitarmos ao máximo esta nova tecnologia! No entanto, é preciso ter cautela ao usar produtos lipossomais, certificando-se sobre a qualidade do suplemento para fugir de “falsas promessas” e produtos de qualidade inferior. 

E então, também se animou para experimentar os suplementos lipossomais? Se gostou deste material, compartilhe nas suas redes sociais ou deixe-nos um comentário. Nós queremos saber a sua opinião!

Referências(7)

  1. Akbarzadeh A, Rezaei-Sadabady R, Davaran S, Joo SW, Zarghami N, Hanifehpour Y, et al. Liposome: Classification, preparation, and applications. Nanoscale Res Lett. 2013;8(1):102.
  2. Bozzuto G, Molinari A. Liposomes as nanomedical devices . Vol. 10, International Journal of Nanomedicine. Dove Medical Press Ltd.; 2015 . p. 975–99.
  3. Hon SL. Vitamin C (Ascorbic Acid). In: Encyclopedia of Toxicology: Third Edition . Elsevier; 2014. p. 962–3.
  4. Łukawski M, Dałek P, Borowik T, Foryś A, Langner M, Witkiewicz W, et al. New oral liposomal vitamin C formulation: properties and bioavailability. J Liposome Res . 2019;
  5. Slutsky I, Abumaria N, Wu LJ, Huang C, Zhang L, Li B, et al. Enhancement of Learning and Memory by Elevating Brain Magnesium. Neuron. 2010 Jan 28 ;65(2):165–77.
  6. achetta G, Falanga A, Molino Y, Masse M, Jabès F, Mechioukhi Y, et al. gH625-liposomes as tool for pituitary adenylate cyclase-activating polypeptide brain delivery. Sci Rep . 2019 Dec 1;9(1):1–13.
  7. Toden S, Goel A. The Holy Grail of Curcumin and its Efficacy in Various Diseases: Is Bioavailability Truly a Big Concern? J Restor Med . 2017 Dec 21;6(1):27–36.
Anterior Magnésio dimalato: conheça os benefícios e malefícios Próximo Imunidade baixa: o que fazer para aumentá-la?
Artigo científico
Akbarzadeh A, Rezaei-Sadabady R, Davaran S, Joo SW, Zarghami N, Hanifehpour Y, et al. Liposome: Classification, preparation, and applications. Nanoscale Res Lett. 2013;8(1):102.
Ir para a fonte
Artigo científico
Bozzuto G, Molinari A. Liposomes as nanomedical devices . Vol. 10, International Journal of Nanomedicine. Dove Medical Press Ltd.; 2015 . p. 975–99.
Ir para a fonte
Artigo científico
Hon SL. Vitamin C (Ascorbic Acid). In: Encyclopedia of Toxicology: Third Edition . Elsevier; 2014. p. 962–3.
Ir para a fonte
Artigo científico
Łukawski M, Dałek P, Borowik T, Foryś A, Langner M, Witkiewicz W, et al. New oral liposomal vitamin C formulation: properties and bioavailability. J Liposome Res . 2019;
Ir para a fonte
Artigo científico
Slutsky I, Abumaria N, Wu LJ, Huang C, Zhang L, Li B, et al. Enhancement of Learning and Memory by Elevating Brain Magnesium. Neuron. 2010 Jan 28 ;65(2):165–77.
Ir para a fonte
Artigo científico
achetta G, Falanga A, Molino Y, Masse M, Jabès F, Mechioukhi Y, et al. gH625-liposomes as tool for pituitary adenylate cyclase-activating polypeptide brain delivery. Sci Rep . 2019 Dec 1;9(1):1–13.
Ir para a fonte
Artigo científico
Toden S, Goel A. The Holy Grail of Curcumin and its Efficacy in Various Diseases: Is Bioavailability Truly a Big Concern? J Restor Med . 2017 Dec 21;6(1):27–36.
Ir para a fonte