Colagénio para a pele: como ele pode ajudar?

A luta contra os sinais do tempo tem começado cada vez mais cedo. E, entre tantos produtos revolucionários contra o surgimento de rugas e flacidez, o uso do colagénio para a pele pode ser a resposta para ajudar a encarar o envelhecimento com beleza e naturalidade.

Graças a esta proteína, que se encontra naturalmente nos tecidos, a pele mantém-se mais firme e com aparência jovem por muito mais tempo. Se quer saber mais sobre os benefícios do colagénio para a pele e como usá-lo no dia a dia, acompanhe este artigo. Vamos contar tudo o que sabemos!

Pontos-chave

  • O colagénio, juntamente com outros compostos como a elastina e o ácido hialurónico, funciona como uma rede de sustentação que garante a firmeza e a elasticidade da pele. Além disso, é a proteína que garante a resistência dos tecidos, evitando o surgimento das rugas.
  • A produção de colagénio começa a diminuir a partir dos 25 anos. Essa queda pode ser acentuada por fatores como a exposição solar sem proteção e o tabagismo.
  • O cuidado com a pele é um processo integral, que deve incluir um estilo de vida saudável e pode ser amparado pelo uso de suplementos, como o colagénio para a pele. Para tanto, é importante contar com orientação profissional.

Tudo o que precisa de saber sobre o colagénio para a pele

A pele é o maior órgão do corpo humano. A sua característica mais especial é a capacidade de manter a proteção do organismo contra os agentes externos ao mesmo tempo que permite a interação com eles.

O colagénio é considerado uma proteína de grande importância para a pele. E não é à toa! Ele está envolvido em diversas funções. As principais delas estão detalhadas na tabela a seguir, que mostra a dose ideal de colagénio para cada efeito na pele:

Efeitos na pele Forma de apresentação Dose Tempo de uso
Prevenção de rugas Suplementos orais 2,5 a 5 gramas 12 semanas
Diminuição da flacidez Suplementos orais 2,5 a 5 gramas 12 semanas
Redução dos danos causados pela exposição ao sol Suplementos orais Indeterminado 10 semanas
Hidratação da pele Suplementos orais. Aplicação percutânea (sob a pele) 1 grama 12 semanas

Como o colagénio pode beneficiar a pele

Aproximadamente 80% da pele é formada por colagénio. Por isso, a diminuição da quantidade dessa proteína é nociva à saúde e à beleza dos tecidos (1)

No entanto, é bom lembrar que, apesar dos benefícios do colagénio para a pele, ele não faz tudo sozinho! A combinação com o ácido hialurónico e a elastina é o que torna capaz a manutenção da hidratação e elasticidade da pele (2, 3)

Muitos estudos têm discutido os efeitos benéficos dos produtos e suplementos de colagénio para a pele e outras estruturas como cartilagens e ligamentos. Os principais destaques, como adiantamos na tabela, são (4):

  • Prevenção do surgimento de rugas e marcas de expressão:  o colagénio, obtido por meio de suplementos, poderia diminuir a profundidade das rugas e prevenir a aparição de novas marcas (5, 6, 7, 8, 9, 10). Este efeito é, possivelmente, resultado do aumento da espessura, hidratação e da capacidade reparadora desse nutriente para a pele; 
  • Diminuição da flacidez: ao formar uma espécie de malha que garante a firmeza da pele, o colagénio é capaz de manter a resistência e elasticidade dos tecidos, ao mesmo tempo que conserva uma certa flexibilidade. Neste sentido, o uso de suplementos podem ter um papel importante para a prevenção da flacidez;
  • Redução dos danos causados pelo sol: a influência dos raios ultravioleta é capaz de causar danos à produção de colagénio na pele. Estudos experimentais mostraram que, ao aplicar a proteína em células cutâneas, elas começaram a produzir colagénio novo. Essa capacidade de renovação pode, inclusive, reparar danos causados pelo sol às estruturas da pele (11, 12);
  • Hidratação da pele: o colagénio, em combinação com o ácido hialurónico, é capaz de reter moléculas de água na pele. Com isso, ajuda a melhorar a hidratação dos tecidos. Estudos recentes sugerem que os suplementos de colagénio trazem grande contribuição para potencializar este efeito (7, 13, 14).

Vale lembrar que o uso de qualquer tipo de suplementação devem ser sempre acompanhado pelo seu médico ou nutricionista.

Já nos tratamentos com aplicação percutânea de colagénio (injetado sob a pele), é fundamental que o procedimento seja feito em ambiente controlado e por profissionais qualificados.

colagénio pele
O colagénio é importante para manter a estrutura da pele, músculos, ossos, articulações, ligamentos e cartilagens. Além disso, é importante para a manutenção do sistema cardiovascular. (Fonte: Laminto: LL1vA5sUs6g/ Unsplash.com)

Fatores que levam à diminuição do colagénio na pele

Mesmo com todo o “esforço” do colagénio para proteger a integridade da pele contra os agentes externos, como a poluição, o vento e os germes, ele também está sujeito a fatores que levam à queda da produção ou à destruição dessas moléculas.

Estudos científicos têm registado, entre os fatores mais importantes para a diminuição do colagénio na pele, os seguintes pontos: 

  • Idade: a produção de colagénio começa a diminuir progressivamente a partir dos 25 anos. Depois dos 40, porém, é que sua produção parece não ser mais suficiente para manter o surgimento das rugas e a firmeza da pele sob controle (15);
  • Hormonas: com a chegada da menopausa, especialmente, as hormonas femininas (estrogénio e progesterona) caem consideravelmente. Como elas são as responsáveis pela produção de colagénio, isso significa a redução dessa proteína com consequente aceleração do surgimento de rugas e marcas de expressão (16);
  • Raios ultravioleta: o envelhecimento da pele está sensivelmente ligado ao excesso de exposição ao sol. Os raios UV são capazes de prejudicar a produção do colagénio, desidratar a pele e propiciar o aparecimento de rugas de forma prematura (17, 18);
  • Tabagismo: o hábito de fumar afeta consideravelmente a produção de colagénio. Assim, além do envelhecimento precoce, a pele perde a vitalidade e a capacidade de cicatrização (19, 20).

Hábitos saudáveis ajudam a manter a pele radiante

Existem muitas formas de ajudar o corpo a produzir mais colagénio e evitar os efeitos negativos da falta desta proteína na pele, como as rugas, a flacidez e a aparente perda de vitalidade.

Neste sentido, adotar hábitos saudáveis e promover pequenas mudanças na rotina já podem ser a chave para manter o aspecto jovem da pele por mais tempo. Quer experimentar? Então comece por aqui: 

  1. Boa alimentação: ao consumir vitaminas e minerais fundamentais para a produção de colagénio, contribui para o aumento dessa proteína de forma natural;
  2. Atividade física: a prática regular de exercício físico, sem contar com os inúmeros benefícios para a saúde, ainda é capaz de aumentar o fluxo sanguíneo na pele, melhorando a oxigenação e nutrição dos tecidos;
  3. Proteção solar: o uso de protetor ou bloqueador solar regularmente é um passo à frente para a prevenção do envelhecimento precoce da pele e, especialmente, na prevenção do cancro de pele (21). O ideal é que essa prática se torne um hábito desde a infância, já que os danos dos raios UV são cumulativos na pele;
  4. Cuidado com a saúde de forma integral: cuidar da pele não pode ser uma tarefa apenas “de fora para dentro”. Assim, mudar hábitos maléficos, abandonar o cigarro e dar atenção a uma dieta equilibrada são formas de cuidar de todo o corpo, com resultados que se refletem na pele. Sabemos que é difícil mudar da noite para o dia… Por isso, toda ajuda é bem vinda! Procure especialistas para apoiar essa mudança.
colagénio pele
O colagénio representa 25 % de todas as proteínas humanas. Esta é a proteína mais abundante do corpo e responde por 80% da composição da pele. (Fonte: Sosiukin: 121623138/ 123rf.com)

Escolha os melhores produtos de colagénio para a pele

Os produtos de colagénio para a pele são comercializados sob diversas formas e apresentações. Por isso, é importante que observe os critérios para reconhecer o produto que mais se adaptará às suas necessidades e expectativas.

Forma de apresentação

Para começar a entender os suplementos de colagénio, é importante saber qual forma de apresentação é a mais adequada para cada caso: 

Forma de apresentação Benefícios Desvantagens
Comprimidos ou cápsulas Fácil de dosificar
Preços acessíveis
Possibilidade de combinação com outros ingredientes
Pode ser difícil de ingerir
Muitos têm baixa concentração de colagénio
Formato líquido (para tomar) Melhores doses de colagénio
Fácil de tomar
Sabores variados
Mais caro
Pode conter açúcares
Em pó (para diluir) Pode ser combinado com sumos e outras bebidas
Fácil de tomar
Alguns têm sabor desagradável
É mais difícil obter uma dose precisa
Em creme Efeito hidratante mais imediato
Combinação com ingredientes benéficos para a pele
O colagénio em creme não aumenta os níveis da proteína nas células da pele
Os benefícios vêm principalmente de outros ingredientes presentes na fórmula
Costuma ser caro

Tipos de colagénio

O colagénio presente nos suplementos provém, basicamente, de três fontes animais principais: os animais marinhos, os suínos e os bovinos. Cada uma destas três formas conta com vantagens e desvantagens que detalhamos abaixo (22, 23, 24):

Origem

  • Marinho: considerado o melhor tipo de colagénio pela sua alta absorção e menor possibilidade de causar reações alérgicas, com exceção das pessoas que possuem sensibilidade a produtos marinhos;
  • Bovino (vacas) ou suíno (porcos): tem menor assimilação do que o colagénio marinho, mas costuma ser mais económico. Além disso, é a alternativa indicada para quem sofre de alergia a marisco, por exemplo.

Formas

  • colagénio puro: é a forma mais “natural” do colagénio. É mais difícil de ser absorvida, por causa do tamanho das suas moléculas. Pode ser encontrado do mercado na forma de gomas comestíveis;
  • Hidrolisado: nesta forma, o colagénio passa pelo processo de hidrólise, que o divide em pequenas moléculas. Com isso, percebe-se uma melhoria na absorção da proteína pelo organismo;
  • Lipossomado: esta forma combina o colagénio hidrolisado com um revestimento lipídico – o lipossoma – que protege o nutriente e aumenta a sua absorção, devido à semelhança com a estrutura das membranas celulares.
colagénio pele
É possível encontrar o colagénio sob diversas formas: o puro, o hidrolisado e o lipossomado. Este último é o que garante a maior absorção do nutriente pelo organismo. (Fonte: Vlasova: 137598197/ 123rf.com)

Dietas especiais

Dependendo do seu estilo de vida e tipo de dieta que pratica, pode ser difícil encontrar o colagénio ideal. As principais dificuldades são para as pessoas com algum tipo de alergia ou para os veganos.

Se pertence a um desses grupos, vale a pena observar as nossas dicas logo abaixo: 

Dietas veganas e vegetarianas

O colagénio não é compatível com o veganismo, já que é fabricado a partir dos ossos, pele e cartilagens de animais terrestres e marinhos.

Porém, se mantiver uma dieta rica em nutrientes e adotar um multivitamínico à base de vitamina C, zinco e magnésio, poderá dar ao seu corpo as ferramentas necessárias para que ele produza o próprio colagénio (25).

Alergia e intolerância alimentar

Quem é alérgico a qualquer produto de origem marinha precisa de procurar suplementos de origem bovina ou suína. Essas informações devem ser fornecidas pelo fabricante e costumam estar em destaque na embalagem.

Se sofre de intolerância ao glúten, lactose ou nozes, por exemplo, verifique na descrição dos ingredientes a presença destes compostos na formulação do suplemento.

Lembre-se de estar atento à procedência e à qualidade dos produtos que escolhe. Para uma suplementação segura, converse com o seu médico e conheça os suplementos lipossomais Sundt


Nossa conclusão

Já não é segredo para ninguém que os benefícios do colagénio para a pele podem estar limitados por fatores que levam à redução na produção desta proteína ao longo dos anos. Manter os níveis de colagénio no organismo é um dos principais fatores para conservar a pele com saúde, firmeza e aspeto jovem por mais tempo.

Por este motivo, preparamos este artigo com informações sobre as formas seguras de evitar os prejuízos causados pela sua falta na pele. Mostramos os tipos de suplementos, com orientações relevantes para o momento da escolha. Assim, ao combinar produtos de qualidade com um rotina saudável, poderá desfrutar dos efeitos do colagénio para a pele e para saúde geral, ao longo dos anos. 

Gostou de saber mais sobre o colagénio e os seus efeitos? Aproveite, então, para compartilhar este guia com os seus amigos. E lembre-se de nos deixar um comentário. Queremos saber a sua opinião!

(Fonte da imagem destacada: Valerie-elash: fj9YD_KMYT8/ Unsplash)

Referências(25)

  1. Ricard-Blum S. The Collagen Family. Cold Spring Harbor Perspectives in Biology. 2010;3(1).
  2. Oxlund H, Andreassen TT. The roles of hyaluronic acid, collagen and elastin in the mechanical properties of connective tissues. Journal of Anatomy. 1980.
  3. Papakonstantinou E, Roth M, Karakiulakis G. Hyaluronic acid: A key molecule in skin aging. Dermato-Endocrinology. 2012;4(3):253–8.
  4. Choi FD, Juhasz M, Mesinkovsk N. Oral Collagen Supplementation: A Systematic Review of Dermatological Applications. Journal of Drugs in Dermatology. 2019.
  5. Laing S, Bielfeldt S, Ehrenberg C, Wilhelm K-P. A Dermonutrient Containing Special Collagen Peptides Improves Skin Structure and Function: A Randomized, Placebo-Controlled, Triple-Blind Trial Using Confocal Laser Scanning Microscopy on the Cosmetic Effects and Tolerance of a Drinkable Collagen Supplement. Journal of Medicinal Food. 2020;23(2):147–52.
  6. Sibilla S, Borumand M. Daily consumption of the collagen supplement Pure Gold Collagen® reduces visible signs of aging. Clinical Interventions in Aging. 2014;:1747.
  7. Sibilla S, Borumand M. Effects of a nutritional supplement containing collagen peptides on skin elasticity, hydration and wrinkles. Journal of Medical Nutrition and Nutraceuticals. 2015;4(1):47.
  8. Proksch E, Segger D, Degwert J, Schunck M, Zague V, Oesser S. Oral supplementation of specific collagen peptides has beneficial effects on human skin physiology: a double-blind, placebo-controlled study. Skin Pharmacol Physiol. 2014;27(1):47-55.
  9. Sibilla S, Borumand M. Daily consumption of the collagen supplement Pure Gold Collagen® reduces visible signs of aging. Clinical Interventions in Aging. 2014;:1747.
  10. Ganceviciene R, Liakou AI, Theodoridis A, Makrantonaki E, Zouboulis CC. Skin anti-aging strategies. Dermato-Endocrinology. 2012;4(3):308–19.
  11. Jeong-Kee K y cols Beneficial Effect of Collagen Peptide Supplement on Anti-aging Against Photodamage. Korean Journal of Food Science and Technology. 2009.
  12. Kang M, Yumnam S, Kim S. Oral Intake of Collagen Peptide Attenuates Ultraviolet B Irradiation-Induced Skin Dehydration In Vivo by Regulating Hyaluronic Acid Synthesis. International Journal of Molecular Sciences. 2018;19(11):3551.
  13. Aust MC, Fernandes D, Kolokythas P, Kaplan HM, Vogt PM. Percutaneous Collagen Induction Therapy: An Alternative Treatment for Scars, Wrinkles, and Skin Laxity. Plastic and Reconstructive Surgery. 2008;121(4):1421–9.
  14. Kim DU, Chung HC, Choi J, Sakai Y, Lee BY. Oral Intake of Low-Molecular-Weight Collagen Peptide Improves Hydration, Elasticity, and Wrinkling in Human Skin: A Randomized, Double-Blind, Placebo-Controlled Study. Nutrients. 2018 Jun 26;10(7):826
  15. Varani J, Dame MK, Rittie L, Fligiel SE, Kang S, Fisher GJ, et al. Decreased Collagen Production in Chronologically Aged Skin. The American Journal of Pathology. 2006;168(6):1861–8.
  16. Nelson V., Marianela F. Efectos poco publicados de los estrógenos [Internet]. Revista de Obstetricia y Ginecología Venezuela. 2004.
  17. Hee-Bong P. y Cols. Effects of Collagen Tripeptide Supplement on Photoaging and Epidermal Skin Barrier in UVB-exposed Hairless Mice [Internet]. Preventive Nutrition and Food Science.
  18. Jariashvili K, Madhan B, Brodsky B, Kuchava A, Namicheishvili L, Metreveli N. Uv damage of collagen: Insights from model collagen peptides. Biopolymers. 2011;97(3):189–98.
  19. Jorgensen L. Kallehave F., Christensen E., Siana E., Gottrup F. Less Collagen Production in Smokers [Internet]. National Library of Medicine. 1998.
  20. Knuutinen A, Kokkonen N, Risteli J, Vähäkangas K, Kallioinen M, Salo T, Sorsa T, Oikarinen A. Smoking affects collagen synthesis and extracellular matrix turnover in human skin. Br J Dermatol. 2002 Apr;146(4):588-94.
  21. Bora NS, Mazumder B, Mandal S, Patowary P, Goyary D, Chattopadhyay P, et al. Amelioration of UV radiation-induced photoaging by a combinational sunscreen formulation via aversion of oxidative collagen degradation and promotion of TGF-β-Smad-mediated collagen production. European Journal of Pharmaceutical Sciences. 2019;127:261–75.
  22. Silvipriya K, Kumar K, Bhat A, Kumar B, John A, Lakshmanan P. Collagen: Animal Sources and Biomedical Application. Journal of Applied Pharmaceutical Science. 2015;123–7.
  23. Proksch E., Schunck M., Zague V., Segger D., Degwert J.,Oesser S. Oral Intake of Specific Bioactive Collagen Peptides Reduces Skin Wrinkles and Increases Dermal Matrix Synthesis. Skin Pharmacology and Physiology. 2014.
  24. Jérome A., Elian L., Toshiaki S., Janne P. The effect of oral collagen peptide supplementation on skin moisture and the dermal collagen network: evidence from an ex vivo model and randomized, placebo‐controlled clinical trials. Journal of Cosmetic Dermatology. 2015.
  25. Beatriz B. Funciones de la vitamina C en el metabolismo del colágeno. Instituto de Nutrición e Higiene de los Alimentos. 2000. p. 46-54
Anterior Colagénio: para que serve? Próximo Colagénio hidrolisado: o que é e para que é utilizado
Artigo científico
Ricard-Blum S. The Collagen Family. Cold Spring Harbor Perspectives in Biology. 2010;3(1).
Ir para a fonte
Estudo in vitro
Oxlund H, Andreassen TT. The roles of hyaluronic acid, collagen and elastin in the mechanical properties of connective tissues. Journal of Anatomy. 1980.
Ir para a fonte
Artigo científico
Papakonstantinou E, Roth M, Karakiulakis G. Hyaluronic acid: A key molecule in skin aging. Dermato-Endocrinology. 2012;4(3):253–8.
Ir para a fonte
Revisão sistemática
Choi FD, Juhasz M, Mesinkovsk N. Oral Collagen Supplementation: A Systematic Review of Dermatological Applications. Journal of Drugs in Dermatology. 2019.
Ir para a fonte
Estudo em humanos
Laing S, Bielfeldt S, Ehrenberg C, Wilhelm K-P. A Dermonutrient Containing Special Collagen Peptides Improves Skin Structure and Function: A Randomized, Placebo-Controlled, Triple-Blind Trial Using Confocal Laser Scanning Microscopy on the Cosmetic Effects and Tolerance of a Drinkable Collagen Supplement. Journal of Medicinal Food. 2020;23(2):147–52.
Ir para a fonte
Estudo em humanos
Sibilla S, Borumand M. Daily consumption of the collagen supplement Pure Gold Collagen® reduces visible signs of aging. Clinical Interventions in Aging. 2014;:1747.
Ir para a fonte
Estudo em humanos
Sibilla S, Borumand M. Effects of a nutritional supplement containing collagen peptides on skin elasticity, hydration and wrinkles. Journal of Medical Nutrition and Nutraceuticals. 2015;4(1):47.
Ir para a fonte
Estudo em humanos
Proksch E, Segger D, Degwert J, Schunck M, Zague V, Oesser S. Oral supplementation of specific collagen peptides has beneficial effects on human skin physiology: a double-blind, placebo-controlled study. Skin Pharmacol Physiol. 2014;27(1):47-55.
Ir para a fonte
Estudo em humanos
Sibilla S, Borumand M. Daily consumption of the collagen supplement Pure Gold Collagen® reduces visible signs of aging. Clinical Interventions in Aging. 2014;:1747.
Ir para a fonte
Artigo científico
Ganceviciene R, Liakou AI, Theodoridis A, Makrantonaki E, Zouboulis CC. Skin anti-aging strategies. Dermato-Endocrinology. 2012;4(3):308–19.
Ir para a fonte
Estudo em ratos
Jeong-Kee K y cols Beneficial Effect of Collagen Peptide Supplement on Anti-aging Against Photodamage. Korean Journal of Food Science and Technology. 2009.
Ir para a fonte
Estudo em ratos
Kang M, Yumnam S, Kim S. Oral Intake of Collagen Peptide Attenuates Ultraviolet B Irradiation-Induced Skin Dehydration In Vivo by Regulating Hyaluronic Acid Synthesis. International Journal of Molecular Sciences. 2018;19(11):3551.
Ir para a fonte
Estudo em humanos
Aust MC, Fernandes D, Kolokythas P, Kaplan HM, Vogt PM. Percutaneous Collagen Induction Therapy: An Alternative Treatment for Scars, Wrinkles, and Skin Laxity. Plastic and Reconstructive Surgery. 2008;121(4):1421–9.
Ir para a fonte
Estudo em humanos
Kim DU, Chung HC, Choi J, Sakai Y, Lee BY. Oral Intake of Low-Molecular-Weight Collagen Peptide Improves Hydration, Elasticity, and Wrinkling in Human Skin: A Randomized, Double-Blind, Placebo-Controlled Study. Nutrients. 2018 Jun 26;10(7):826
Ir para a fonte
Artigo científico
Varani J, Dame MK, Rittie L, Fligiel SE, Kang S, Fisher GJ, et al. Decreased Collagen Production in Chronologically Aged Skin. The American Journal of Pathology. 2006;168(6):1861–8.
Ir para a fonte
Artigo científico
Nelson V., Marianela F. Efectos poco publicados de los estrógenos [Internet]. Revista de Obstetricia y Ginecología Venezuela. 2004.
Ir para a fonte
Estudo em ratos
Hee-Bong P. y Cols. Effects of Collagen Tripeptide Supplement on Photoaging and Epidermal Skin Barrier in UVB-exposed Hairless Mice [Internet]. Preventive Nutrition and Food Science.
Ir para a fonte
Estudo in vitro
Jariashvili K, Madhan B, Brodsky B, Kuchava A, Namicheishvili L, Metreveli N. Uv damage of collagen: Insights from model collagen peptides. Biopolymers. 2011;97(3):189–98.
Ir para a fonte
Estudo em humanos
Jorgensen L. Kallehave F., Christensen E., Siana E., Gottrup F. Less Collagen Production in Smokers [Internet]. National Library of Medicine. 1998.
Ir para a fonte
Estudo em humanos
Knuutinen A, Kokkonen N, Risteli J, Vähäkangas K, Kallioinen M, Salo T, Sorsa T, Oikarinen A. Smoking affects collagen synthesis and extracellular matrix turnover in human skin. Br J Dermatol. 2002 Apr;146(4):588-94.
Ir para a fonte
Estudo em ratos
Bora NS, Mazumder B, Mandal S, Patowary P, Goyary D, Chattopadhyay P, et al. Amelioration of UV radiation-induced photoaging by a combinational sunscreen formulation via aversion of oxidative collagen degradation and promotion of TGF-β-Smad-mediated collagen production. European Journal of Pharmaceutical Sciences. 2019;127:261–75.
Ir para a fonte
Artigocientífico
Silvipriya K, Kumar K, Bhat A, Kumar B, John A, Lakshmanan P. Collagen: Animal Sources and Biomedical Application. Journal of Applied Pharmaceutical Science. 2015;123–7.
Ir para a fonte
Ensaio clínico em humanos
Proksch E., Schunck M., Zague V., Segger D., Degwert J.,Oesser S. Oral Intake of Specific Bioactive Collagen Peptides Reduces Skin Wrinkles and Increases Dermal Matrix Synthesis. Skin Pharmacology and Physiology. 2014.
Ir para a fonte
Ensaio clínico em humanos
Jérome A., Elian L., Toshiaki S., Janne P. The effect of oral collagen peptide supplementation on skin moisture and the dermal collagen network: evidence from an ex vivo model and randomized, placebo‐controlled clinical trials. Journal of Cosmetic Dermatology. 2015.
Ir para a fonte
Artigo científico
Beatriz B. Funciones de la vitamina C en el metabolismo del colágeno. Instituto de Nutrición e Higiene de los Alimentos. 2000. p. 46-54
Ir para a fonte